Desvalorização / Frustração no trabalho

Sentir que não é valorizado no trabalho traz sentimentos negativos, o que pode prejudicar a pessoa, tanto na vida pessoal, como no ambiente de trabalho. Pode:

  • O trabalho se tornar um pesadelo, com grande desgaste emocional.
  • O lugar e os colegas de trabalho passam a ser vistos com sensação negativa, pois tudo que envolve o trabalho se torna pesado. Isso pode refletir em dificuldade de relacionamento no trabalho e na vida pessoal.
  • Pode começar a ter problemas ao realizar as funções do trabalho e do seu dia a dia. A pessoa pode ficar mais irritada, desanimada, frustrada, “trazendo problemas” no seu desempenho das atividades.

Quando isso acontece, a pessoa tem que refletir o que realmente quer:

  • Avaliar o que espera do trabalho, e o que a empresa espera de você.
  • Tem como melhorar a relação com as pessoas?
  • Tem como mudar o jeito de encarar e lidar com os problemas do trabalho? Reavaliar os próprios comportamentos. Será que a causa das dificuldades no trabalho vem de questões da própria pessoa?
  • Pensa trabalhar em outro lugar, melhorar o salário / posição? Está buscando e correndo atrás p/ isso acontecer? Se capacitando, sinalizando o desejo de novo emprego p/ as pessoas que podem ajudar a entrar em novos trabalhos, enviando currículos e criando oportunidades de entrevistas.

A reflexão deve acontecer para a pessoa perceber quais são os pontos a pensar e como mudar a situação para as coisas melhorarem. Para fazer isso, precisa avaliar muitos pontos, tanto no trabalho, como na vida pessoal, porque um não se separa do outro. A pessoa tem comportamentos em casa influenciados pelo dia que teve no trabalho, como também a pessoa tem comportamentos e posturas no trabalho que estão diretamente relacionados com a vida da pessoa (tanto o que a pessoa vive na vida pessoal naquele momento, como toda a história pessoal da pessoa). O psicólogo pode ajudar a pessoa entender e pensar qual a melhor saída quando fica difícil fazer isso sozinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *