Me cobro muito X não me permito errar e sentir

Quando a pessoa acha que deve ser “forte”, normalmente ela se cobra e acredita que  não pode chorar e falar sobre si, pois fica com medo de perder o “controle” caso deixe as emoções aflorarem. Com essa postura, os outros também passam a vê-la como se fosse de armadura. Algumas vezes se espantam e se preocupam quando percebem que ela também tem seus momentos de fragilidade.

  • “Ela deve estar mal, porque está chorando.”

*É como se tivesse algo errado em chorar.

  • “Nossa, ela disse que está mal”

*A pessoa tem uma imagem que a “impede” de ser humana. Como se ela não tivesse o direito de sofrer. Isso se torna um peso tão grande, que ela sofre mais a cada tentativa de sustentar essa imagem p/ outros, pagando um preço muito alto por essa postura. Isso a “mata” por dentro.

Não consegue admitir para os outros, nem para si, seus próprios sentimentos (frustrações, dores, medos). A tentativa de ser perfeita a consome cada vez mais, sendo que a perfeição não existe no mundo dos humanos. A pessoa precisa permitir-se ter suas dificuldades, seus conflitos, seus erros, porque por mais que ela evite admitir, eles vão sempre existir.

Não se permitir errar e sentir é o que deixa a pessoa fraca emocionalmente e fisicamente, não ao contrário.

Perceber que:

  • As coisas que não dependem de você precisam caminhar sem sua liderança.
  • Você tem que saber até onde consegue ir, respeitando o seu próprio limite.
  • As pessoas vão te tratar de forma diferente, ficando mais a vontade com você, quando você mostrar que também é humano.
  • Você vai conseguir aproveitar mais os momentos e a vida quando se aceitar sem tentar anular seus sentimentos.

Quando fica difícil parar esse ciclo, é importante buscar ajuda com o psicólogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *