Sentimentos confusos podem gerar problemas

Algumas pessoas têm dificuldade em reconhecer os próprios sentimentos, perceber o que realmente está fazendo ficarem irritadas, tristes ou desanimadas. Às vezes esses problemas se tornam tão pesados, desgastantes, que a pessoa acaba buscando formas para tentar “esquecer” ou se “distrair”, tentando “fugir” do seu “Eu”.

                Mas isso é impossível, não dá p/ fugir dos próprios sentimentos. Se não vier em pensamentos, o emocional “dá um jeito” de aparecer no corpo, ou com crises. Resistir só traz mais sofrimento à pessoa. Tem que começar entender os sinais do corpo e da mente, eles tentam mostrar que algo está acontecendo e não está bem. Ex:

  • Dores de cabeça, no corpo;
  • Coração acelerado;
  • Cansaço;
  • Formigamento;

Quando aparece em forma de sintomas, a pessoa precisa verificar com os especialistas se não é algo físico. Caso não seja, deve prestar atenção em que momentos ocorrem os sintomas para entender o seu emocional:

  • Dias;
  • Horários;
  • Ambientes, lugares, com quais pessoas;
  • Acontecimentos do dia, caso tenha lembrado de algo, situação ou alguém.

Se não é físico, é emocional. A pessoa precisa entender que a sua saúde mental é tão importante quanto a sua saúde física. Uma não é separada da outra, na verdade o emocional depende do físico, assim como o corpo depende da mente. Os dois lado a lado.

É preciso encarar as feridas e problemas emocionais. Quando fica difícil fazer isso, o psicólogo é profissional indicado a se procurar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *