Como ser “leve” nas conversas? / Assertividade na comunicação

É importante ser “leve” nas conversas que podem gerar tensão. Isso ajuda a ser mais assertivo no trabalho e nas relações pessoais. 
Às vezes a pessoa pode tornar as coisas mais difíceis somente através do olhar e expressão do rosto, do tom de voz, no jeito de se colocar na situação, o tempo que se utiliza para contar as coisas, a resistência em escutar e entender o lado do outro…. É necessário saber deixar as coisas mais leves:falar leve

  • Focar naquilo que realmente quer dizer, de forma objetiva, se policiando para não colocar outros assuntos “que não tem a ver” com a discussão.
  • Não ser agressiva, desvalorizando ou difamando o outro na tentativa de “sair por cima e ganhar a discussão”, como se fosse uma disputa.
  • Se estiver muito exaltado, deixe para outro momento a conversa.

Uma forma interessante de não deixar “pesado”, é perceber se está muito tenso, irritado, nervoso. Caso esteja em um estado muito alterado, espere alguns segundos, respire fundo, reflita sobre a questão, avalie se poderá falar sobre o assunto no dia, ou se é melhor deixar para o dia seguinte.
Ser leve não significa que o assunto não seja colocado de forma séria. Pode parecer um pouco complicado, mas é possível ser posto com seriedade, mas sem perder a leveza. O “x da questão” está na forma que você fala e se posiciona, ou seja, “não é o que você diz, mas é como você diz”. Para isso é fundamental estar sempre atento com:

  • As palavras que você se utiliza para expor as questões
  • O tom de voz que se usa
  • A postura corporal
  • A expressão do rosto e do olhar

Também é necessário ter empatia por aquilo que o outro fala e sente. É fundamental escutar o que o outro tem a dizer e se colocar no lugar dele. Normalmente a pessoa teimosa, que confronta e ignora o que lhe é dito, desgasta as relações e torna tudo muito mais “pesado”.

Nem sempre é possível se colocar de forma assertiva e leve, pois afinal, todos são humanos, sujeitos a erros. Mas é possível aprimorar e melhorar sua forma de se comunicar e se relacionar. Esse amadurecimento exige reflexões e autoconhecimento. É preciso sempre tentar melhorar, reconhecer seus próprios erros, perceber o que “não fez de legal” e buscar melhorar. Quando a pessoa não consegue sozinha, o psicólogo é o profissional que poderá ajudar.  

3 thoughts on “Como ser “leve” nas conversas? / Assertividade na comunicação

  1. iomar

    Preciso de ajuda para mudar meu tom de voz.
    Qnd falo parece que estou brigando.
    Tem como mudar ?
    Isso me incomoda demais, me deixando deprimida e calada na maior parte do dia.

    Reply
    1. Psicologa

      Bom dia Iomar,
      Às vezes você pode ter esse comportamento porque sua família também age assim. E por isso você aprendeu a se comunicar desse jeito.
      Mas, independente se é por esse motivo ou não que você se comunica dessa forma, é possível mudar sim.
      Começe a treinar falar em tom de voz mais baixo. E perceba:
      Você consegue perceber quando você altera mais sua voz(“parece que está brigando”)? Existe algum conflito nessas situações? talvez a questão não seja apenas o tom de voz, mas a dificuldade de você lidar com situações estressantes…
      Leia os posts:
      http://curitibapsicologa.wordpress.com/2013/02/10/perceba-o-tom-de-voz-para-ser-assertivo/
      http://curitibapsicologa.wordpress.com/2013/01/28/como-manter-o-controle/

      E como sempre enfatizo, caso você não consiga entender e melhorar isso sozinho, é indicado você fazer acompanhamento com psicólogo

      Abraço!

      Psicóloga Michelli Duje

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *