O que acontece com pessoa que guarda mágoas do seu namorado(a) / esposo (a)? / Formas de superar as mágoas entre o casal

 

              mágoa relacionamento  É natural desentendimentos na relação amorosa já que o casal troca muitas experiências. Existem formas diferentes de agir, pensar e demonstrar sentimentos. Cada pessoa “funciona” de um jeito, e nessas diferenças entre o casal podem surgir mágoas, seja por opiniões ou comportamentos que um não concorda com o outro.

Quando a pessoa não consegue lidar com uma mágoa em relação ao outro, qualquer momento pode se tornar motivo de briga. Por ela “carregar” sua mágoa, pode se tornar agressiva com aquele que “provocou” essa emoção. Essas mágoas acumuladas acabam “desgastando, minando e estragando” as relações. E assim, o relacionamento fica “pesado”.

Muitas vezes o outro pode até falar “não é motivo para tanto”, mas justamente é porque a pessoa está com uma carga emocional carregada em relação ao outro, que pequenas coisas podem resultar em brigas e acusações. Ela “puxa” questões lá de trás e responsabiliza o outro por todos os problemas. E os problemas, se não trabalhados, não terão fim, será como uma bola de neve, que vai crescendo conforme surgem mais mágoas (muitas vezes criada pela própria pessoa por estar sensível a tudo que o outro lhe diz).

Por esse motivo é fundamental trabalhar o emocional e existir diálogo (assertivo) entre o casal. É preciso saber administrar e conduzir os sentimentos (raiva, irritação, impaciência, …) para não “destruir” a relação:

  • Quando o casal estiver “a flor da pele”, bravos, é melhor se afastarem e esperarem se acalmar, para então, em outro momento, buscarem formas de lidar com a situação.
  • Coisas “engasgadas” podem prejudicar. Nem sempre é interessante falar absolutamente tudo para o outro, mas é importante sinalizar e ser objetivo ao falar o que não gostou para que não se repita, e também para que as coisas possam ser esclarecidas caso necessário.
  • Identificar o que não foi bem resolvido e enfrentar a ferida emocional. Conversar com o parceiro, com o objetivo de superar os desentendimentos e a partir disso, não ficar remoendo o que já foi colocado “um ponto final”.
  • É importante o casal aprender com brigas, vendo o que cada um precisa melhorar. É fundamental se ajudarem na superação das mágoas, buscando soluções juntos.

Nem sempre é fácil perdoar, mas de qualquer forma é necessário lidar com a mágoa para que ela não consuma a própria pessoa que sente essa dor emocional. Se a pessoa deseja continuar a relação com o parceiro, é importante ela estabelecer limites, ser clara ao falar o que não deseja mais que aconteça e superar o passado.

Quem carrega a mágoa pode se tornar “amarga” e negativa. Caso a pessoa não consiga “diluir” essa mágoa sozinha, é fundamental o acompanhamento psicológico.

11 thoughts on “O que acontece com pessoa que guarda mágoas do seu namorado(a) / esposo (a)? / Formas de superar as mágoas entre o casal

  1. Bianca Chaves

    Olá!

    Primeiramente o texto é excelente, e realmente cita tais verdade sobre ” mágoas no relacionamento”, mas mesmo sendo de uma construção incrível, gostaria de saber mais sobre como superar esta magoa, eu passo pela situação citada no texto a qual ser refere sobre os pesos em que a magoa causa e quaisquer tipo de desentendimento se torna um grande problema. Nós dias atuais tenho uma grande magoa no peito e não sei como tirá-la, sempre volto no mesmo assunto e muitas das vezes jogando na cara do parceiro está defrasagem a qual ele veio a cometer e não consigo me liberta disso e isto me corrói e eu o amo.

    Reply
    1. Psicologa

      Bianca,

      Obrigada pelo retorno.

      Por que será que está difícil de lidar com essa mágoa? Será que afetou a confiança do casal? O que te faz voltar na mágoa?

      Como você percebeu, talvez as pequenas coisas incomodam porque existe a “grande mágoa”. Nem sempre é fácil superar a questão, então nesse momento é importante fazer acompanhamento com o psicólogo, ele poderá te ajudar a enfrentar e entender melhor o que está acontecendo

      Abraço!

      Psicóloga Michelli Duje

      Reply
  2. camila santos

    Eu passo pela mesma situação, mais de modo contrario, o meu namorado é que não se livra das magoas, e para ele não precisa acontecer nada, parece até outra pessoa, ele começa a lembra do passado ai simplesmente pisa em mi sem dor nem piedade, eu sofro muito. Ele mi culpa por ser assim, eu menti para ele sofre algo importante, e para ele foi como uma traição, ele mi traiu de fato, ele mi culpou por isso também, eu o perdoei, eu o perdoou sempre! já conversamos sofre isso mais não adianta ele diz que vai tentar e nada muda, cheguei a terminar. Mais eu o amo e gostaria muito de poder ajuda-lo. O que eu posso para ajuda-lo?

    Reply
  3. Bruno Xavier

    Eu tenho muitas magoas do meu relacionamento. Sou gay. Namoro com um cara. E ele é grudado demais com sua família, tanto na mãe, quanto nas irmãs. Eu já moro a 100km da minha família. Então não sou tão apegado assim. Entendo que a escolha de ficar longe da minha família foi minha. Mas isso não interfere nas minhas magoas. A familia dele fica ligando o dia inteiro, um na casa do outro, e ficam pedindo favor pra ele. Por ele ser bonzinho eles montam em cima dele. Mas o que me dá mais raiva, é que as vezes eu peço algo e ele não pode fazer. Sempre inventa desculpas. Mas quando eles pedem. Ele para o mundo e vai fazer. E quando eu falo isso pra ele, a gente briga muito. A família dele é dramática. Eles fazem chantagem emocional; dizendo que não tem carro. Que não tem dinheiro. E isso foi me corroendo por dentro. Que hoje sou outra pessoa, ate mesmo com minha família. Sou fechado, ate mesmo chato. Reconheço isso. Nossa. Isso está acabando comigo. Por favor me ajudem!

    Reply
    1. Psicologa

      Bom dia Bruno,

      existem alguns pontos que é interessante perceber… Parece que existe dificuldade de estabelecer alguns limites nessas relações… também parece que existe uma disputa, e isso pode gerar ainda mais conflitos entre você e seu namorado.
      Talvez você possa conversar com o seu namorado, sem critica-lo, abrindo oportunidade para você falar sobre seus sentimentos e ele sobre os sentimentos dele….
      Existe outro ponto. É possível ter uma relação bacana com a família, estabelecendo limites. Você não precisa se fechar com sua família. Perceba se você se fechando por outras questões que não essa que você mencionou aqui….

      Se ainda assim estiver confuso para você, busque um acompanhamento com o psicólogo (pelo menos de 4 a 6 meses de tratamento) , ele vai te ajudar a entender melhor sobre essas questões

      Até mais!

      Psicóloga Michelli Duje

      Reply
  4. Andréia

    Olá. Achei seu texto muito interessante. Assim como a Bianca do primeiro comentario estou passando pela mesma situação com meu marido. O problema maior é que eu não aguento mais fazer terapia para aprender a lidar com os problemas que não posso resolver, até abandonei. Minha magoa com ele só aumenta, pq ele não procura resolver o problema dele (bebida) pois ele não enxerga como um problema de fato. Enquanto isso, quem está “morrendo” sou eu.. Já conversei, já segui as situações que o texto sugere mas ele continua com o mesmo comportamento e eu já não consigo lidar mais com isso.

    Reply
    1. Psicologa

      Bom dia Andréia,

      Você só poderá ajudar alguém que realmente quer ajuda… e tem vezes que o outro não aceita ajuda, então ele puxa o outro para baixo também (leia sobre coodependência, vai te ajudar!).
      Talvez você tenha que se perguntar se no momento você também não está precisando de ajuda (busque acompanhamento e tratamento com o Psicólogo, ele poderá te ajudar)

      Abraço!
      Psicóloga Michelli Duje

      Reply
  5. Rui

    Dra Michelli, o término do meu relacionamento ocorreu exatamente por conta das “magoas acumuladas”.

    Derrepente fui surpreendido com o término da relação, e mais que isso, com uma carga muito grande de rancor. É estranho pois em poucas semanas estávamos bem.

    Ela não me deixa aproximar. Pessoas próximas dizem que ela está decidida; aliás, ela disse isso por 3x depois que terminamos e nos encontramos. E ela pouco se importa se estou bem ou não.

    Gostaria de retornar, reconheço meus erros e quero corrigi-los. Mas está difícil. Já há 2 semanas não a procuro. Penso que em cerca de 1 mês ela poderia perder esse rancor e, então, aceitar pelo menos tentar uma reaproximação. Mas confesso que estou a cada dia mais a perder as esperanças.

    Reply
    1. Psicologa

      Boa tarde Rui,

      Não é que ela não está pensando em você, provavelmente é que para ela não dá mais, acabou… Se ela não quer retomar a relação, você terá que aprender a aceitar e lidar com o não querer dela…
      Mas tem um ponto muito importante para você, você reconheceu o erros, então aprenda com eles para uma próxima relação…

      Att.

      Psicóloga Michelli Duje

      Reply
  6. Leocadia Raquel de Souza

    Boa tarde senti de comentar um pouco sobre a minha relação ouve traição no passado tentei esquecer mas para mim e muito difícil é p piorar o modo de pensar e muito diferente de mim ele confia e deixa uma propriedade que é dele no nome dos outros não tira não resolve e p piorar está em um serviço não tem tempo p mim nem p minha filha isso me chateia demais estou esgotada de tanto brigar não sei mas oque fazer ando estressada nervosa com tudo as vezes me sinto inútil e horrível

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *