Projeta os medos ou raiva nos outros / O perigo está dentro de você

A pessoa pode ficar com marcas e feridas emocionais quando passa por “coisas ruins” durante a sua vida. Quando ela não consegue “cicatrizar” e superar suas dores (emocionais), ela pode projetar seus problemas pessoais em alguém ou em acontecimentos.

As suas próprias dificuldades, problemas e sofrimentos são projetados para fora dela. Isso acontece porque a pessoa não consegue perceber e entender o que acontece dentro de si mesma. Projeta os seus medos, inseguranças, frustrações….

Ela pode ficar confusa e ter vários pensamentos e comportamentos distorcidos, como por exemplo:projeta no outro

  • Vê comportamentos negativos no outro, mas na verdade são os seus próprios comportamentos projetados (projeta no outro o que é seu).
  • Acha que os outros são responsáveis e causadores pelos seus problemas.
  • Torna os momentos difíceis em problemas muito maiores do que realmente são.

Fica presa em seu próprio sofrimento emocional. Olha para o mundo e para os outros com medo ou raiva. A pessoa se sente ameaçada por tudo e por todos, mas na verdade o perigo está dentro de si. O risco está na dificuldade de encarar, lidar e enfrentar os próprios sentimentos. Não conseguir superar as dores emocionais a deixa vulnerável emocionalmente. Isso pode levar a sintomas de ansiedade, depressão, estresse…

É importante o autoconhecimento. Quando sente que não consegue “se entender”, é fundamental o acompanhamento com o psicólogo.

6 thoughts on “Projeta os medos ou raiva nos outros / O perigo está dentro de você

  1. Amanda angelica

    Eu tenho alguns dos sintomas citados … O meu problema é com meu namorado eu tenho muitos pensamentos negativos dele com me trair, e muito mais … Fico estressada , e disconto nele isso tudo … Ñ sei oq fazer preciso de ajuda …

    Reply
    1. Psicologa

      Amanda,
      é importante entender o que gera esses pensamentos negativos, o que leva a você sentir essa insegurança… para isso é necessário iniciar um acompanhamento com o psicólogo.

      Abraço!
      Psicóloga Michelli Duje

      Reply
  2. Mayara Teixeira

    Eu tenho 15 anos e eu estou me descobrindo agora, comecei a gostar de uma garota a uns meses, ela sabe, e se afastou. Eu tento fazer nossa amizade voltar, mas sinto que faço isso da maneira mais insegura possível, não consigo agir naturalmente perto dela e isso me traz muita perturbação, eu penso sobre isso o tempo todo!

    Reply
  3. Marcia

    Nossa esse assunto expressou exatamente meu ponto de vista.Faço essas palavras meus pensamentos,e a uma conclusão que cheguei a 1 pessoa,que terminei noivado!
    Resumindo,percebi exatamente esse comportamento nele, tudo que sofreu na vida,desprezo da família,da própria mãe,irmã,da ex que ficou bem sucedida e ele n deixando ele, da outra ex que disse q ele n tinha futuro, família desunida, nunca teve carinho,atenção,afeto,compreensão,abraço essas coisas.Tudo que ele não teve, e da mesma forma que fizeram ele se sentir na vida,com palavras e atitude das pessoas em sua volta
    Ele fez exatamente isso,projetou tudo em mim,quis que eu sentisse,vivesse a mesma história que ele viveu,acredito que,assim como ele n conseguiu se vingar de nenhuma dessas pessoas,provando alguma coisa,ele projetou em mim cada uma delas.
    Depois que conseguiu sucesso entrando p política,fez a mesma coisa que a ex fez,começou a fazer pouco caso de mim,desprezo etc…
    Percebi mesmo,que ele estava me usando para projetar sua vida miserável que vivia.
    Então usei a inteligência e mandei ele passear,afinal eu me amo em primeiro lugar.
    Obrigada se puder me responder.

    Reply
    1. Michelli Duje Post author

      Bom dia Marcia,

      Quem bom que vc avaliou aquilo que pensou ser melhor para você

      Abraço!
      Psicóloga Michelli Duje

      Reply
    2. nano

      Como sabe que ele projetou apgma coisa já que não está na memte dele?

      O texto da Psicóloga é pra auto reflexão, já que só você conhece sua realidade mental.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *