“não consigo relaxar, não consigo parar” / Sente culpa quando tem momentos para si

Algumas vezes a pessoa pode se sentir culpada quando pensa em ter um tempo durante a semana para si, como por exemplo, para:dupla jornada

  • Passear, relaxar, dançar, ler um bom livro
  • Paquerar ou namorar (pessoas casadas, que tem filhos, podem ter esse sentimento de culpa)
  • Ou simplesmente um tempo para “não fazer nada”

 A pessoa acredita que se ela fizer alguma coisa para relaxar ou se divertir, estará sendo irresponsável. Ela se cobra muito, acha que a vida deve ser apenas (ou grande parte) de responsabilidades e obrigações. Pensa ou fala: “Parece errado fazer algo para mim (como nos exemplos citados acima), me sinto mal”. Normalmente esse pensamento é acompanhado de sentimentos de insegurança e baixa autoestima.

A pessoa tem a sensação de estar sempre em dívida, precisando fazer “algo produtivo”. Isso pode gerar muita ansiedade e agitação, fazendo com que ela “nunca pare”. Esse estado emocional e de comportamento agitado pode trazer grande risco para a sua saúde física e emocional. Cedo ou tarde a pessoa chegará ao seu limite, apresentando sintomas de desgaste e exaustão (estresse, depressão, dores no corpo, problemas de saúde…).

É interessante perceber:

  • Tenho dificuldade em relaxar?
  • Acho que momentos de diversão é perda de tempo?
  • Não consigo ficar sem pensar nas minhas responsabilidades?

Se as respostas forem “sim” para essas perguntas, é sinal de alerta.

Provavelmente a pessoa passou por situações ou aprendizados que a levaram a agir de forma muito rígida em sua vida. É necessário entender o que leva a essa cobrança excessiva consigo mesma.

 É importante o equilíbrio, em que a pessoa possa cumprir com seus compromissos, mas também possa ter momentos de descanso e lazer. É indicado o acompanhamento com o psicólogo quando a pessoa tem dificuldade em relaxar e baixar o nível de agitação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *