Características de pessoas negativas / Saiba identificar e se prevenir dessa amargura

É preciso saber diferenciar um dia ruim de um estado de humor pessimista. A “amargura” perdura, a pessoa se torna muito crítica, constantemente julgando o mundo e os outros negativamente.

Existe vários motivos que levam a pessoa ficar amargurada. Frequentemente é por não conseguir superar as suas frustrações e seus traumas. Também pode ser por estar insatisfeita com sua própria vida (amorosa, profissional, familiar ou social).

A pessoa negativa costuma ter a característica de:

  • Acreditar que é vítima, responsabilizando os outros pelos seus problemas.
  • Dizer que não teve oportunidades como as outras pessoas.
  • Não conseguir ficar feliz pelo sucesso ou bem estar dos outros. Sente-se inferiorizada, derrotada ou ameaçada quando alguém conquista algo.

As suas mágoas, insatisfações e traumas contaminam os seus pensamentos e comportamentos, a sua forma de levar a vida. Normalmente as suas inseguranças e dores emocionais são projetadas para fora.

A pessoa deixa o ambiente “carregado”, pois ela alimenta a discórdia. O que ela fala se transforma em veneno para si e para os outros. Às vezes nem a própria pessoa e nem quem está ao seu redor percebem todo o mal causado por esse “azedume”.

Existem tipos de amargurados, entre eles:pessoa negativa

  • Tem situações que o veneno é colocado de forma sutil, contaminando a todos, ocorrendo vários desentendimentos entre as pessoas sem que percebam a real causa do conflito (a amargura de uma pessoa). Isso é muito comum em ambiente de trabalho e familiar. Aquele que provoca desavença costuma falar “pelas costas”, apontando pequenos detalhes dos outros como algo muito negativo .
  • Passa a impressão que é “melhor que os outros”, mas no fundo se sente inseguro. Por isso precisa menosprezar e desqualificar as pessoas. Aponta os defeitos dos outros para não enxergar as suas próprias falhas ou os seus problemas. Muitas vezes se sente fracassado, e projeta os seus insucessos nos outros.
  • E tem o ranzinza, inconveniente, que acaba afastando os outros. Esse costuma agredir verbalmente, falando coisas desagradáveis. Deixa o ambiente tenso, pois sempre tem algo ruim para lembrar ou dizer. Geralmente foca na vida dos outros porque não consegue cuidar de si mesmo ou mudar aquilo que o incomoda.

A falta de autoconhecimento e a dificuldade para lidar com as emoções pode deixar a pessoa vulnerável, sujeita a pensamentos negativos. Os pensamentos geram sentimentos, por esse motivo é fundamental refletir como tem conduzido o seu olhar para a vida:

  • Será que sou alguém que olha pelo lado negativo? Desde quando isso acontece?
  • Consigo perceber quando distorço as coisas?
  • O que tem causado esse mal humor ou essa amargura em mim?

É necessário perceber a diferença entre um dia ruim e um estado de humor negativo. Aquele que constantemente focar naquilo que gera mal estar ou angustia, que supervaloriza as coisas ruins e minimiza as coisas boas precisa realizar acompanhamento com o psicólogo.

OBS: a pessoa com essas características pode ter o quadro de Distimia.

3 thoughts on “Características de pessoas negativas / Saiba identificar e se prevenir dessa amargura

  1. NAGELO BERNARDO CARDOSO

    Fazer o bem para o próximo é tão bom, dar e receber um sorriso não tem preço, a alma se inflama , tenho pena de pessoas que não conseguem ter essa sensação maravilhosa. Lembrando que a vida passa rápido demais para depois nos arrependermos.
    Já pensou, você velhinho olhando para sua vida toda e só enxergando um vazio imenso e sem graça, nem um sorriso vai achar…então comece a mudar a partir de já , faça o bem para os outros, de um bom dia para as pessoas, ajude um idoso , ajude a empurrar um carro de uma pessoa que está precisando , ofereça a sua vez em uma fila vendo que o próximo está com mais urgência que você, ajude ,ajude ,ajude, ajude quem poder , tenho certeza que você vai gosta e vai se sentir muito mais confortável.
    Abraço e fiquem com Deus.

    Reply
  2. Lenynha

    Acho válido, mas as pessoas andam com medo , não sei dizer se é isso exatamente , quando vamos nos dirigir a um estranho para ajudar muitas vezes somos vistos com estranheza , e aquele ar de “Eu te conheço?” , o mundo mudou , estamos dispostos a estender a mão , eu sou uma , e eu noto que ouço não , muito obrigado , então não insisto e saio com o coração apertado e aborrecida. Cada um tem a sua história, a minha é essa , fico muito frustrada em querer ajudar alguém e receber com indiferença um não. Eu penso sempre no próximo , porque poderia ser eu a precisar , mas não entendo como certas pessoas andam tão individualistas.

    Abraços.

    Reply
  3. Elisabete

    Estou procurando respostas em como posso lidar com o sentimento de culpa que minha Mãe consegue deixar em mim.
    Tenho 50 anos, sou casada há 33 anos, tenho 3 filhos, e moro numa cidade 200 km longe da minha Mãe. Cada vez que a visitamos fico me sentindo mal comigo mesmo e sentindo pena e raiva dela ao mesmo tempo. Resumindo um pouco como ela é: sempre fala de suas dores, e do problema de audição que ela tem e que seu aparelho está fraco blá blá, que meu pai não sabe fazer nada direito, ela gasta dinheiro com coisas que não precisa (roupas por ex.), reclama que ficamos pouco tempo na casa dela e não aceita opinião sobre as coisas, ou finge que aceita mas acaba fazendo do jeito dela e é extremamente ansiosa…enfim não tenho mais vontade de visitá-la, mas sempre que dá vamos, ela faz anos que não veem a minha casa .

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *